4 Maneiras para aprender como dançar forró

Updated: Sep 7

Qual a melhor maneira de aprender a dançar forró? Existe uma melhor maneira para aprender?



Alguns métodos podem ser mais eficazes que outros quando tratamos de educação, mas precisamos entender que cada pessoa tem uma maneira única de aprender.


Um método pode ser excelente para algumas pessoas e não funcionar tão bem para outras. Isso acontece pelas mais variadas razões, desde a acessibilidade e preço de aulas, até o estilo do professor, a personalidade do aluno ou o ambiente social da aula.


Eu organizei uma lista com os melhores e mais usados métodos de aprendizado de dança para ajudar você a pensar o que é melhor para você. Todos métodos tem seus prós e contras, e tem o potencial de te ajudar a desenvolver suas habilidades, além de se divertir bastante no processo.



1 - Festas e shows


Muita gente da seus primeiros passos forrozeiros em alguma festa, tenta imitar o que as outras pessoas estão fazendo, pegam alguma dica com amigos e aprendem na tentativa e erro. Dependendo da sua personalidade, essa pode ser uma maneira divertida de começar, focada na interação social mas sem muita ênfase no aprendizado.


Prós:

  • Você vai ter bastante tempo para praticar, pois festas são geralmente muito mais longas do que aulas.

  • Você pode ter a oportunidade de dançar com gente de todos tipos e estilos, desde frequentadores de aulas, "forrozeiros de carteirinha" que já dançam faz muito tempo e não participam mais de aulas, até gente que nunca dançou na vida.

  • O foco é na socialização e diversão.

  • O aprendizado é de graça (você está pagando pela festa/show)


Contras:

  • Não é o melhor lugar pra ficar tentando passos que talvez não funcionem ou que você não esteja confiante. A mentalidade das pessoas nas festas tende a ser mais de socialização e elas querem uma dança que "funcione".

  • Não tem ninguém te ensinando ativamente (a menos que você tenha um amigo experiente que esteja te dando algumas dicas ou mostrando alguns movimentos).

  • Você raramente vai receber qualquer tipo de crítica ou sugestão. E por causa disso é capaz que você desenvolva alguns hábitos não tão positivos.

  • Geralmente o salão está cheio e não temos muito espaço para fazer certos tipos de passos ou sequências.

  • Você precisa de um certo trato social (e confiança) para convidar e ser convidado para dançar. Isso pode ser desafiador para iniciantes e gente mais tímida.


Minha opinião: festas e shows são ótimos pelo lado social e por proporcionar a oportunidade de dançar com música ao vivo, mas não são o melhor lugar para aprender coisas novas. Eu sempre recomendo meus alunos a irem nesses tipos de evento para se divertirem, praticarem os movimentos que aprenderam em aula e desenvolverem a habilidade de adaptar a dança com parceiros diferentes.


Link relacionado (eventos aqui em Nova Iorque) - https://www.forronewyork.com/events


2 - Aulas em grupo


Aulas em grupo são a maneira mais comum e utilizada para aprender e desenvolver habilidades no forró. Foi assim que eu aprendi a dançar no começo dos anos 2000. Durante um período de cerca de um ano eu ia em aulas regulares cinco vezes por semana e aproveitava os outros dois dias para ir treinar e me divertir nas festas e shows. Era forró de segunda a segunda. Foi nessa época que eu construi toda base da minha maneira de dançar.


Prós:

  • Você estará cercado de outras pessoas que estão ali por um mesmo motivo: aprender e se divertir no processo.

  • Você terá um ou mais professores demonstrando e ensinando movimentos passo a passo.

  • Você poderá tirar suas dúvidas com os professores e dançar com eles.

  • Você receberá comentários, críticas e sugestões que vão te ajudar a evoluir mais rápido, além de evitar hábitos negativos.

  • As aulas geralmente tem um tema ou trabalham em cima de um movimento específico. Dessa maneira você pode focar e usar todo esse tempo para desenvolver essa habilidade em foco.

  • Você poderá treinar o mesmo movimento inúmeras vezes com parceiros diferentes.

  • É uma boa maneira de conhecer outros forrozeiros e fazer parte de um grupo.

  • Geralmente não é muito caro. (você não está pagando sozinho pela sala e tempo do professor, custos são divididos pelos participantes). Aqui em Nova Iorque por exemplo, nossas aulas regulares de 1h30min custam $20 e você tem desconto se comprar pacotes de aulas e/ou se for um membro da Forró New York Association


Contras:

  • Você depende de quem são os professores disponíveis onde você mora.

  • Você geralmente não poderá escolher o tema ou passo da aula, a menos que o professor abra para pedidos/sugestões dos alunos.

  • A aula é muito influenciada pelos outros alunos da aula, o que é pode ser um pró ou contra. É ótimo se você tem uma turma divertida e dedicada.


Minha opinião: essa é minha sugestão número um se você tiver um bom professor e uma boa turma na sua cidade. É um ótimo equilíbrio entre ensino, socialização, prática e preço.


Link relacionado (aulas aqui em Nova Iorque) - https://www.forronewyork.com/classesoverview


Assista o vídeo abaixo para conhecer um pouco do que acontece aqui em Manhattan nas quartas-feiras.



3 - Aulas particulares


2 - Aulas em Grupota entre professor e aluno é provavelmente o caminho mais curto para o aprendizado (junto com a prática).


Prós:

  • Você tem a atenção total do seu professor.

  • Você pode decidir o que quer aprender e desenvolver durante a aula.

  • Você pode ter exercícios e treinos feitos sobre medida de acordo com suas necessidades.

  • Você pode praticar com seu professor.


Contras:

  • Você não tem outras pessoas para treinar junto nem socializar.

  • Geralmente é bem mais caro do que um aula em grupo.


Minha opinião: Essa é a melhor maneira de aprender exatamente o que você quer e otimizar seu tempo. Essa opção é geralmente a mais rápida pra aprender. Aulas particulares com um bom professor podem fazer uma grande diferença na sua dança.


Link relacionado (aulas particulares aqui em Nova Iorque) - https://www.forronewyork.com/private-lessons


4 - Online


Hoje, mais do que nunca, alternativas online de aprendizado estão em alta. Existem várias maneiras diferente de aprender no mundo digital e eu vou discutir isso em detalhes em um outro blog (clique aqui para ler).


Prós:

  • Você pode fazer de qualquer lugar que você estiver.

  • Você pode ter acesso a conteúdo produzido em qualquer parte do mundo.

  • Você pode fazer a qualquer momento que quiser (considerando conteúdo gravado).

  • Você não depende de ninguém.


Contras:

  • Não existe contato físico.

  • Existem alguns desafios adicionais em relação a interação entre professores e alunos (isso varia dependendo do método, vou discutir isso em outro blog).


Consideração adicional: você depende de questões técnicas, tanto de qualidade de gravação da aula, quanto de transmissão e o aparelho que você esta usando para assistir. Eu sugiro você ter em mente a qualidade técnica da gravação da aula quando estiver escolhendo que curso que vai fazer. Também recomendo assistir a aula em uma tela grande, com som bom. Isso vai fazer uma grande diferença no tipo de experiência que você vai ter ao realizar a aula.


Minha opinião: é fantástico que temos essas ferramentas de aprendizado hoje em dia! Ela não substitui os outros métodos, mas é uma ótima maneira de aprender a distância. Esse tipo de aprendizado pode ser muito útil também para complementar outros métodos e servir de suporte ou como maneira de treinar sozinho.


Os tópicos e as abordagens tendem a ser um pouco diferentes considerando que esse método tem características únicas, mas eu vejo isso com uma ótima oportunidade para desenvolver habilidades diferentes.


Clique aqui para saber mais sobre os meus cursos online aqui no Forró New York.



Conclusão


Não existe "uma maneira" de aprender e cada experiencia vai te ensinar algo diferente. A combinação de vários métodos - de maneiras complementares - tende a ser a melhor maneira de aprender e desenvolver suas habilidade no forró. A questão importante é encontrar o que funciona para você e não ter preconceito de experimentar coisas diferentes. Aproveite ao máximo cada oportunidade.


Espero que esse blog tenha sido útil para você entender melhor as opções que você tem e talvez te ajudar a decidir seus próximos passos forrozeiros. No final das contas não importa o método que você decida usar, o importante é que ele traga diversão e alegria para sua vida.

Sobre o autor

Rafael Piccolotto de Lima é apaixonado pelas artes, doutor em música e foi indicado ao Grammy Latino como melhor compositor de música clássica em 2013. Para ele todas as formas de expressão são de alguma maneira correlacionadas, gerando seu interesse e atuação diversificada; de fraque nas salas de concerto até sapato de dança no chão batido do salão. Nascido em Campinas, São Paulo, hoje ele reside a margem do Rio Hudson com vista para o sul de Manhattan.


Website: www.rafaelpdelima.com

YouTube Channel: www.youtube.com/rafaelpdelima

Instagram: www.instagram.com/rafaelpiccolottodelima/

Facebook: www.facebook.com/RafaelPiccolottodeLima/

25 views

Thank you for your visit!

  • Black Facebook Icon
  • YouTube - Black Circle

© 2017-2020 Forró New York

Created and edited by Rafael Piccolotto de Lima.